Trancamento de matrícula

Requerimento de Trancamento-de-matrícula_MODELO.

 

De acordo com o Regimento do Programa de Pós-graduação em Química (2010):

TÍTULO IV
DO REGIME ESCOLAR

Art. 54. O aluno do Programa de Pós-Graduação poderá, mediante solicitação, com a concordância do orientador e a critério do Colegiado Delegado do Programa, trancar matrícula por, no máximo, doze meses, por períodos nunca inferiores a um período letivo, não computados para efeito do tempo máximo de integralização do Curso.

§ 1º. Durante a vigência do trancamento de matrícula, o aluno não poderá cursar qualquer disciplina de Pós-Graduação na Universidade, efetuar exame de qualificação ou defender dissertação ou tese.

§ 2º. O trancamento de matrícula poderá ser cancelado a qualquer momento, por iniciativa do aluno, resguardado o período mínimo definido no caput deste artigo.

§ 3º. Não será permitido o trancamento da matrícula no primeiro e no último período letivo, nem em períodos de prorrogação de prazo para conclusão do curso.

Art. 55. O aluno terá sua matrícula automaticamente cancelada e será desligado do Programa de Pós-Graduação nas seguintes situações:

I – quando deixar de matricular-se por dois períodos consecutivos, sem estar em regime de trancamento;

II – caso obtenha conceito menor do que “C” em duas das disciplinas cursadas;

III – se for reprovado no Exame de Proficiência em língua estrangeira;

IV – se for reprovado no Exame de Qualificação;

V – se for reprovado pela banca examinadora do trabalho de conclusão;

VI – quando esgotar o prazo máximo para a conclusão do curso;

VII – casos não previstos neste artigo serão avaliados e resolvidos pelo Colegiado Delegado do Programa.

§ 1º. Para os fins do disposto no caput deste artigo, o aluno deverá ser cientificado para, querendo, formular alegações e apresentar documentos os quais serão objeto de consideração pelo Colegiado Delegado.

§ 2º. O aluno que incorrer em uma das situações previstas no caput deste artigo somente poderá ser readmitido por meio de um novo processo de seleção.

§ 3º. O aluno que incorrer em uma das situações previstas no caput deste artigo não poderá concorrer a bolsas no âmbito do estabelecido no artigo 51, item I do presente Regimento.