Prof. Dr. Bruno Szpoganicz

Área: Química Inorgânica
Email: bruno.s@ufsc.br
Telefone: (48) 37216847 x.216 Fax: (48) 37216852 x.254
Sala: QMC 216
Website do Grupo de Pesquisa
Bio: Doutor em Química Inorgânica pela Texas A&M University, USA, 1984.

Linhas de Pesquisa


A Química das Melaninas:
Melaninas são uma classe de pigmentos biológicos encontrados no cabelo, na pele, nos olhos, e até no cérebro humano. São nano partículas de ocorrência natural e um dos pigmentos com maior atencão atual. Entretanto, por muito tempo as tentativas em explicar suas propriedades físicas e fotoquímicas tem sido confusas. Somente na última década é que se pode entender que as melaninas são agregados e não polímeros de cadeias longas: a subunidade fundamental, dihidroxindol (DHI), oligomeriza para formar protomoléculas de 3 a 10 unidades indol que se agrupam em camadas, formando agregados nanomoleculares. O principal objetivo nosso é continuar a investigação sobre o efeito da coordenação de íons metálicos na agregação e estruturas das melaninas e correlacioná-los com a reatividade, isto é, o comportamento pró- ou anti-oxidante da melaninas. Complexação Seletiva nas Águas Naturais: Esta linha de pesquisa envolve a caracterização dos equilíbrios de complexação das substâncias húmicas. Substâncias húmicas são misturas de compostos com grupos funcionais variados. Dos processos que elas participam na natureza, um dos mais importantes é a complexação de metais, aumentando a disponibilidade de nutrientes e diminuindo a concentração de metal livre, reduzindo a sua toxidade aos organismos. Assim, para entender a ação das SH na complexação de metais, estamos investigando a especiação dos grupos funcionais mais reativos: fenol, carboxílico, catecol, ftálico e salicílico, e suas interações com íons metálicos. Complexos Macrocíclicos Binucleares: Estudos de Equilíbrio Ativação e Catálise. Nesta linha de pesquisa, estamos interessados na ativação de pequenas moléculas como: dioxigênio, óxido nítrico, dinitrogênio, etc.. e no estudos dos equilíbrios e cinética de reações catalisadas na cavidade de macrocíclicos binucleares, como hidrólise de peptídeos e ésteres fosfóricos, e oxidação de substratos biquelantes (diaminas, catecóis, etc.).
Publicações Selecionadas
M.A. Camargo, K. Arend, A Neves, A. J. Bortoluzzi, B. Szpoganicz, A Martendal, M. Murgu, F.L. Fisher, H. Terenzi, P.C. Severino, New Gadolinium Complex with Efficient Hydrolase-like Activity: a100-Million-Fold Rate Enhancement in Diester Hydrolysis. Inorganic Chemistry, 47, 2919-2921, 2008. DOI: 10.1021/ic050755c
M. Guiotoku, F.R.M.B. Silva, J.C. Azzolini, A.L.R. Mercê, A.S. Mangrich, L.F. Sala, B. Szpoganicz, Monosaccharides and the VO(IV) Metal Ion. Equilibrium, Thermal Studies and Hypoglycemic Effect, Polyhedron, 26, 1269-1276, 2007. DOI: 10.1016/j.poly.2006.10.032
E. Longhinotti, J.B. Domingos, B. Szpoganicz, A. Neves, F. Nome, Catalytic Effect of a Dinuclear[Fe2III(OH)(OH2)] Complex in the Hydrolysis of bis(2,4-Dinitrophenyl) Phosphate, Inorganic Chimica Acta, 358, 2089-2092, 2005. DOI: 10.1016/j.ica.2004.12.052
B. Szpoganicz, S. Gidanian, P. Kong, P. Farmer. Metal Biding by Melanins: Studies of Colloidal DHI-melanin and its Complexation by Cu(II) and Zn(II) Ions, Journal of Inorganic Biochemistry, 89, 45-53, 2002. DOI: 10.1016/S0162-0134(01)00406-8
B. Szpoganicz, R. J. Motekaitis, A. E. Martell. Equilibrium studies and molecular recognition in the catechol- and TIRON-bridged binuclear cobalt(II)1,4,7,13,16,19-hexaaza-10,22-dioxacyclotetracosane dioxygen complexes, Inorg. Chem.; 1990; 29(8); 1467-1474.  DOI: 10.1021/ic00333a006